Pacientes internados como evitar eventos adversos. A cada 100 pacientes internados, 14 contraem infecções hospitalares.

Publicado em:
Em: News
Gestão de pacientes internados da AsQ. Cuidado Beira Leito

Índice

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mostram a importância de dar atenção para essa questão, A cada 100 pacientes internados14 contraem infecções hospitalares. Anualmente, ocorrem cerca de 134 milhões de eventos adversos, ocasionando 2,6 milhões de mortes.

De acordo com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), apenas em 2017, os eventos adversos foram responsáveis por consumirem R$ 10,6 bilhões apenas do sistema de saúde privado brasileiro.

Com o objetivo de melhorar esse cenário, os especialistas da Gestão do Paciente Internado da AsQ, monitoram o percurso dos paciente, gerenciando desde a internação até a alta. A prática ajuda a reduzir o tempo de hospitalização, os eventos adversos e o custo médio das internações.Em três meses, conseguimos R$ 37.240.988 de custo evitado (saving) com o serviço de Gestão do Paciente Internado, em três clientes.  

Pacientes Internados, como a AsQ atua nesta gestão.

As equipes multidisciplinares de saúde , enfermeiros, médicos e outros profissionais capacitados, ficam atentas aos requisitos de segurança que garantem uma recuperação com foco no cuidado do paciente, evitando eventos que possam causar danos ao paciente. Com a equipe atenta aos pacientes, a melhora da qualidade assistencial fica evidente, uma vez que se diminui os riscos de quedas e lesões, por exemplo.

Um estudo realizado em hospitais americanos mostrou que 25% dos pacientes que sofreram eventos adversos, acabam sendo reinternados. Com os cuidados seguros em saúde, a chance de reinternação diminui consideravelmente e os gastos com desperdícios também.

Os profissionais asseguram que as 6 metas internacionais para a segurança do paciente sejam cumpridas. São elas: Identificação correta do paciente; Comunicação efetiva; Prescrição correta e segura de medicamentos; Cirurgia segura; Cuidados para evitar a proliferação de infecções hospitalares; Prevenção máxima sobre danos resultantes de quedas.

Somente nos Estados Unidos, estima-se que o erro assistencial seja a terceira causa de morte no país, chegando a 400 mil óbitos por ano. Com a Gestão do Paciente Internado, isso pode ser evitado, com a diminuição dos eventos adversos, os pacientes podem receber alta hospitalar antes do previsto, implicando em redução de custos.

O maior diferencial é que os nossos profissionais acompanham o paciente no beira leito. Outro ponto é que essa aproximação faz com que nossos profissionais identifiquem possíveis eventos adversos, e por fim, essa equipe tem o olhar do todo tendo muito mais subsídios e possibilidade de negociar com o prestador a conta final do atendimento, porque acompanhamos todo o percurso, do inicio ao fim.

A AsQ produziu uma série de workshops com seus profissionais e também convidados, em um deles abordamos o tema da Gestão do Paciente Internado. Acompanhe aqui .

Para saber mais sobre o trabalho da AsQ clique no link que Gestão do Paciente Internado entraremos em contato.

Compartilhe esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no skype
Compartilhar no reddit
Compartilhar no pinterest

Assine nossa

Newsletter!

Veja os

Destaques

A enfermagem no cuidado integral à saúde
A enfermagem no cuidado integral à saúde
Cláudia Conserva, Diretora de Gente e Gestão da AsQ
Valorização do Colaborador e as ações da AsQ em Gestão de Pessoas.
AsQ Talks 01- A fórmula do sucesso do Grupo Boticário na gestão de saúde do colaborador
Grupo Boticário na gestão de saúde do colaborador - AsQ Talks 01

Siga-nos nas

Redes!