Novembro é o mês dedicado a atenção à saúde do homem.

Em: News
Novembro Azul AsQ

Índice

O mês de novembro no Brasil, é dedicado à saúde do homem.

O gênero masculino se cuida menos, isso é um fato comprovado. Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, questionou sobre o motivo da não procura ao sistema de saúde. O resultado mostrou um dado importante, 47,6% dos homens, não têm o costume de cuidar da sua saúde.

Esse “costume” leva os homens a desenvolverem formas graves, por exemplo, do câncer de próstata. Chamar a atenção para essa questão, é o mote da Campanha de Novembro Azul, promovida pela Sociedade Brasileira de Urologia – Saúde também é papo de homem.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, em 2021 serão diagnosticados mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata. Mas se a doença for descoberta no início, terá chance de 90% de cura.

Além disso, a saúde do homem sofreu um grande impacto na pandemia. No painel de informações da SBU, dados inéditos do Ministério da Saúde, obtidos a pedido da Sociedade Brasileira de Urologia, mostram os números entre 2019 e 2020.

Houve uma redução de 21,5% das cirurgias para retirada da próstata por câncer na comparação entre 2019 e 2020.  A coleta de PSA e de biópsia da próstata, que junto com o exame de toque retal diagnosticam a doença, tiveram quedas na ordem de 27% e 21%, respectivamente. O número de consultas urológicas no SUS também caiu 33,5%. E as internações de pacientes com o diagnóstico da doença teve queda de 15,7%.

Conscientizar e prevenir

Também pensando em contribuir para a disseminação de informação e conscientização dos homens sobre o cuidado com a saúde. A  AsQ promoveu um  Podcast com o presidente eleito da Sociedade Brasileira de Urologia, para o biênio 2022-2023, Dr. Alfredo Felix Canalini, e com  Everson Bertazo, enfermeiro especialista em Ciência do Bem-Estar pela PUC-RS e com atuação em serviços voltados ao modelo de Atenção Primária à Saúde nas iniciativas público e privada.

Dr. Alfredo, destacou, que atende a terceira geração de homens da mesma família com histórico de câncer de próstata. O urologista pontua, no entanto, que quando começou na carreira, os homens chegavam com um grau avançado de câncer, e que esse quadro tem se revertido. Primeiro pela cobrança das companheiras que exigem que os marido se cuidem, além disso, por uma nova consciência do homem sobre sua saúde.

O enfermeiro Everson Bertazo, que faz parte da Equipe Multiprofissional Atenção Integral à Saúde da AsQ,  aponta para um caminho de prevenção e atenção integral à saúde do homem. Segundo Everson, essa prática desenvolvida pela atenção primária à saúde cria mais situações oportunas para que a pessoa olhe para a saúde como um todo.

O impacto no setor produtivo

Estimular o homem a cuidar da sua saúde, também é um bom negócio para as empresas. Além de diminuir os casos de afastamentos contínuos, o colaborador mais feliz é 31% mais produtivo, 3 vezes mais criativo e rende 37% a mais em comparação com os demais. A AsQ, estimula que o local de trabalho não seja apenas um lugar de produtividade, mas também de atenção e cuidado às pessoas.

Neste sentido a AsQ desenvolve junto aos seus clientes, vários produtos que ajudam a cuidar da saúde do colaborador. Entre eles estão a Telemedicina, Clínicas de APS, Covid Monitor e Gestão do Cuidado. 

Compartilhe esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no skype
Compartilhar no reddit
Compartilhar no pinterest

Assine nossa

Newsletter!

Veja os

Destaques

A enfermagem no cuidado integral à saúde
A enfermagem no cuidado integral à saúde
Cláudia Conserva, Diretora de Gente e Gestão da AsQ
Valorização do Colaborador e as ações da AsQ em Gestão de Pessoas.
AsQ Talks 01- A fórmula do sucesso do Grupo Boticário na gestão de saúde do colaborador
Grupo Boticário na gestão de saúde do colaborador - AsQ Talks 01

Siga-nos nas

Redes!